16/04/2015

Cartel das refeições "roubava" os contribuintes (o Estado)

CARTEL DE EMPRESAS LUCROU MILHÕES COM CANTINAS PÚBLICAS

Entre o mal e  o pior - a Justiça não conseguiu penalizar as empresas - prescrição foi a causa. Apenas multas da Autoridade da Concorrência.  Mas se esta multou, porque razão a Justiça não actuou... a tempo.
Que dizer desta Justiça?  Não houve tempo para escutas?
Dá para desconfiar não dá?

"O processo foi declarado prescrito, há pouco menos de um mês, devido ao “elevado grau de litigância judicial, com múltiplos incidentes levantados pelas 15 arguidas, tanto durante a fase administrativa como durante a fase judicial”, avançou uma fonte ao Jornal de Notícias. Antes da prescrição a AdC condenou as empresas a pagarem uma coima de 14 milhões de euros e os gestores das respectivas a pagar 20 mil euros."

Sem comentários: