22/10/2018

Futebol Clube do Porto

Assim os clubes de Futebol nacionais hipotecam a sua independência.
Ficam na órbita dos credores.
Gastam muito mais do que podem.
Os seus sócios e accionistas vão deixando que tal aconteça, até que um dia...

20/10/2018

Professores - exaustos?


Senhores professores, tem que procurar outro trabalho.
Depois de mais de dois meses sem darem aula e após um mês de aulas neste ano lectivo, descontando os dias de greves, estão com sintomas de exaustão?
Não devem brincar com os alunos e com os encarregados de educação.
Ainda mais, parem de brincar com todos aqueles que com os seus impostos lhes pagam o salário.
Mudem de profissão, talvez seja um bom remédio para curar essas vossas pseudo maleitas

18/10/2018

Metropolitano de Lisboa - greves

Uma greve entre as 06:30 e as 10:00 horas da manhã, a quem interessa e a quem prejudica.
Será que com as greves os trabalhadores vão conseguir que a as suas reivindicações sejam total ou parcialmente satisfeitas?
Da experiência resulta que nem uma, nem outra das situações podem ser considera como válidas e eficientes?
Afinal a quem prejudica estas greves?
A grande maioria dos títulos de acesso ao transporte, nessas horas, já foi adquirido com antecedência.
Pois então a quem prejudica? A empresa não ficará muito, pois o prejuízo financeiro nunca será muito.
Aqueles que usam o Metro por essas horas, também não serão pessoas de grande capacidade económica. Muitos utilizam outros meios de transporte.
Fica claro que quem mais fica prejudicado, são as pessoas de extracto social mais baixo que a essas horas vão para os seus trabalhos ganhar o pão de cada dia.
A  paralização servirá apenas para alimentar o ego daqueles que a promovem e que a fazem?

Políticos com reformas vitalícias...

Dá mesmo que pensar...


Estes políticos nunca souberam o que era isto!


Por uma "profissão" que acumulam com outra ou outras, ficam com direito a uma reforma vitalícia quando ainda são muito, muito novos.
Uma vergonha que tem vindo a ser mantida e que não se  vislumbra vontada de ser alterada e retirada para os próximos "profissionais da política"

Paga "Zé Povinho"





17/10/2018

Carlos Alexandre contra Ivo Rosa

Uma guerra aberta entre o "dono" do processo Marquês e o juiz que foi sorteado para abrir a instrução do processo.
Vamos saber o que vai acontecer depois dos inquéritos  que o CSM levantou.
Carlos Alexandre levantou dúvidas da escolha do Juiz  Ivo Rosa por meios electrónicos através duma entrevista a um meio de comunicação.
Carlos Alexandre que não gosta nada de "publicidade", não terá reclamado  pelos meios próprios para o efeito tendo antes utilizado aquela entrevista para o efeito.

16/10/2018

Mário Centeno

Este Professor Doutor, algarvio de Olhão (terra da restauração) merece um elogio especial


Professor Mário Centeno (só para aborrecer o  senhor Professor Cavaco Silva)


Mário José Gomes de Freitas Centeno (Olhão, 9 de dezembro de 1966) é um economista português, Ministro das Finanças de Portugal desde 26 de novembro de 2015. 
Foi eleito presidente do Eurogrupo a 4 de dezembro de 2017, tendo iniciado funções a 12 de janeiro 
de 2018.

Biografia

É licenciado em Economia (1990) e mestre em Matemática Aplicada (1993) pelo Instituto Superior de Economia e Gestão da Universidade Técnica de Lisboa, e mestre (1998) e doutorado (1995-2000) em Economia pela Harvard Business School da Universidade de Harvard, nos Estados Unidos.[1][2][3][4][5]

Foi economista do Banco de Portugal, a partir de 2000, e diretor-adjunto do Departamento de Estudos Económicos, de 2004 a 2013. Neste periodo de tempo foi também membro do Comité de Política Económica da União Europeia
De 2007 a 2013, foi presidente do Grupo de Trabalho para o Desenvolvimento das Estatísticas Macroeconómicas, no Conselho Superior de Estatística. É também professor catedrático do Instituto Superior de Economia e Gestão da Universidade de Lisboa.

A 26 de novembro de 2015 tomou posse como Ministro das Finanças do XXI Governo Constitucional de Portugal.

A 4 de dezembro de 2017 foi eleito Presidente do Eurogrupo, durante o processo de candidatura teve o apoio de Espanha, França, Alemanha e Itália.

15/10/2018

Justiça à Moda dos Banqueiros


Mais uma decisão da Justiça que merece uma pequeníssima critica.
Os banqueiros neste país devem estar bem cobertos por uma enorme auréola oriunda dos lados da Justiça.
Rendeiro, fez grossa asneira, mas já foi ajuizado e punido pela Justiça. Da punição que dizer? Para além da multa que vai pagar, com dinheiro que terá sido de quem? Continuará a andar por aí ou pelo estrangeiro como se nada tivesse acontecido.
Salgado fez asneiras ainda mais gordas e prolongadas e tal como este cavalheiro banqueiro não vai sentir o cheiro dos calabouços  como paga do modo como deixou na penúria muitos milhares de portugueses e dos muitos milhões que o Zé Povinho com os seus impostos, teve que ajudar o seu banco falido a não fechar portas.
Feitas as contas, nem um nem outro serão presos.
Salgado com a idade que tem, com recursos e contra recursos nos tribunais,  já terá os pés para a cova quando acabar o julgamento.
Banqueiros, pois.

Foto do JN

António Costa - remodelação


Como António Costa e Marcelo Rebelo de Sousa deixaram os políticos e jornalistas de boca aberta

Cristas - fala por tudo e por nada... fala!


Estes são os  políticos que temos que suportar?

Portugal- por cá trabalha-se muito e ganha-se pouco




E sobre este tema, que dizem as confederações empresariais quando questionam e obstaculizam, sistematicamente a actualização do ordenado mínimo nacional?

14/10/2018

Super Dragões - o que se chama a estas actitudes?



Super Dragões

Quando um clube deixa e até fomenta intervenções destas e até dum seu funcionário, está tudo dito.

Joana Marques Vidal

In "Expresso"

Nem o PR tem um gabinete tão faustoso como este.
Não sabe nada bem sair daqui para algo comparado com este possa parecer um cúbiculo.
Esta foto revela alguma vaidade?

Mário Centeno avisa e bate o pé



Nas capas dos jornais

Acabem com a demagogia - professores, enfermeiros, médicos e afins pagos pelo OE já tem o aviso.

12/10/2018

Enfermeiros em greve - milhares de cirurgias canceladas

  In "Diário de Notícias"

Quando se vê e ouve em directo nas TV´s, no interior dum hospital público,  uma responsável da Ordem dos Enfermeiros declarar com um sorriso nos lábios as percentagens de adesão á greve e regozijar-se com isso, está a omitir e a tentar ocultar os prejuízos causados a quem espera por uma cirurgia e no dia em que tinha a hipótese de a fazer, vai voltar a ter que esperar por nova data, não sabendo quando.
Há ou pode haver greves e greves.
Estas colidem com algo importante - a saúde cada um. E, para isso, para os profissionais de enfermagem, os doentes não contam.
Alem de que, para quem, pretende acima de tudo receber mais ao fim de cada mês, talvez cada dia de greve que lhe é descontado no recibo de vencimento pouco importa... e não será tão pouco como isso.
Neste país, as greves são apenas no sector público, pois aí há emprego vitalício e assegurado. Poucas são as greves no sector privado.
Já há uns milhares de enfermeiros nos hospitais e clínicas privadas e aí, de greves nem falar.
Não haverá por aí alguém que accione judicialmente os responsáveis daqueles que deixaram de prestar um serviço de saúde publica por razão duma greve?

11/10/2018

Juízes e procuradores


Para alem dos políticos e algumas mais "profissões", o que se passa com juízes jubilados e procuradores é uma infâmia para quem se aposenta ao fim do tempo máximo obrigado por lei e suporta um corte na sua pensão face ao último salário recebido quando ainda trabalhava.

02/05/2018

Oeiras - Novos centros de saúde





Oeiras
Atualização diária 26 de abril de 2018
NOTÍCIAS
Correio da Manhã
A Câmara de Oeiras e a Administração Regional de Saúde de Lisboa e Vale do Tejo assinaram esta quarta-feira um acordo para a construção de duas novas unidades de saúde no concelho: uma no antigo quartel dos bombeiros, em Paço de Arcos, e outra num novo edifício, em Porto Salvo.







FW: CONFERÊNCIA NACIONAL ENVELHECER – Que propostas – que respostas?

È com prazer que o convidamos a participar na nossa Conferência 2018 que se realizará a partir da 10,30 no dia 14 de Maio de 2018 e que terá lugar no:

Auditório dos Serviços Sociais da Câmara Municipal de Lisboa

Avenida Afonso Costa, 41 nas Olaias em Lisboa. (Metro Estação das Olaias)

A organização providenciou a possibilidade de ser servido almoço no refeitório dos SSCML a todos os  participantes que  manifestem essa  vontade durante a inscrição de participação que lhe  solicitamos seja feita para o endereço apre.conferencia2018@gmail.com até ao próximo dia 10 de Maio de 2018.

O almoço tem um custo de 4,60 euros (sem bebidas) contra a aquisição de senha durante o processo de acreditação  à entrada da Conferência.

A APRe! teve a preocupação de convidar prestigiadas figuras nacionais com o objectivo de valorizar o debate e a participação. Ilustramos esta mensagem com o cartaz oficial da Conferência.

A sua presença enriquece o debate! Não falte! Traga um amigo!

Saudações Apristas

Maria do Rosário Gama

Presidente da Direcção