01/12/2014

António Costa - uma análise

“António Costa  tem sido capaz de se manter fiel à estratégia que definiu desde o momento em que anunciou a sua candidatura à liderança do PS, não cedendo à crítica sistemática daqueles – jornalistas, comentadores e partidos da oposição – que tentam impôr-lhe as suas  agendas tentando forçá-lo a dizer já qual é o seu programa de governo, o que fará com a dívida, o défice, as pensões e os salários, e emprego, o IRS, o IVA, a saúde, a educação e tudo o mais que só um irresponsável podia prometer já.” ( Vai e vem)

Sem comentários: