20/05/2015

Passos Coelho e uma visão norueguesa: "lealdade canina"

Já não há adjectivos para classificar o láparo!

 Na edição de ontem do  jornal norueguês Aftenposten, numa notícia intitulada «O sucesso grego pode transmitir-se (contaminar) a outros críticos da Europa», surge uma frase, ou imagem, curiosa: «em pé, sobre as patas de trás». Aplica-se, imagine-se, ao primeiro-ministro português. E para que não digam que minto:

Atentando neste trecho que fecha o artigo, e traduzindo os dois primeiros parágrafos:

"A linha portuguesa recebe Críticas

Nenhum líder europeu tem sido mais crítico do governo conduzido pelo Syriza em Atenas que o primeiro-ministro de Portugal Pedro Passos Coelho.

Ele descreve o plano do primeiro-ministro grego como uma aventura e ergue-se sobre as patas traseiras contra toda a suavização do programa de reformas gregas."

 Desconfiando o leitor que se está a traduzir mal a coisa, pegue na expressão "står på bakbenene" use o tradutor do google e delicie-se. Ou use só o google, pesquise a expressão, e, mais que certo, irá dar ao famoso quadro, do início do sec XVII, da autoria de Jackob van Doordt: Ulrik. Que é também sugestivo….

 Recebido por email

 

Sem comentários: