17/08/2015

Festa do Pontal

“Estive a ouvir Portas e Coelho na festa do Pontal, marcando a rentrée política pafiana e fiquei espantado com tanta desvergonha, desplante e mentira. É difícil batê-los no campo da pantominice e do cinismo. Autênticos carteiristas encartados, capazes de roubar o transeunte, ficar-lhe com todo o dinheiro e depois entregar a carteira ao espoliado fazendo-o desfazer-se em agradecimentos por, ao menos, ter escapado ao calvário de ser obrigado a renovar todos os documentos.”

 

In “Estátua de Sal”

Sem comentários: