24/08/2017

Liberdade ao escrever e ao escolher

A grande confusão que se nota no espírito desta senhora.
É claro que tem que escrevinhar algo para justificar as transferência bancárias para seu sustento

"Vem tudo isto a propósito dos episódios que têm marcado este Verão demasiado quente. O último foi a “recomendação” do Governo para que fossem retirados do mercado livros pré-escolares para meninos e para meninas. A editora aceitou a “recomendação” do Governo e retirou os livros. Independentemente da opinião que tenhamos, sobre a iniciativa da editora, a questão que se coloca é: porque é que um Governo se mete num assunto destes? Os livros, que se saiba, não são (ou eram?) manuais escolares indicados pelo Estado."

Sem comentários: