07/09/2017

Parque dos Poetas - Oeiras - Poeiras

Festival Poeiras invade mais uma vez o Parque dos Poetas em Oeiras

 

D.R.

 


Nos dias 08, 09 e 10 de Setembro, o festival "Poeiras" volta a invadir o Parque dos Poetas em Oeiras com música, teatro, dança, poesia.

Espectáculos musicais, recitais de poesia, contadores de histórias, atividades para crianças e encontro de culturas são apenas alguns dos eventos culturais que fazem parte da programação do festival Poeiras que, nos dias 08, 09 e 10 de Setembro, está de regresso ao Parque dos Poetas.

O palco Poeiras, situado no anfiteatro do Parque dos Poetas, foi o local escolhido para que Bruno Nogueira e Manuela Azevedo ponham em cena a peça ‘Deixem o Pimba em Paz’. Este é, como se pode ler no comunicado enviado, “um novo olhar que resgata com humor e muita qualidade musical a música popular portuguesa”.

O segundo dia está reservado a Aline Frazão que apresentará um espectáculo Insular. E para fechar bem, a actuação do DJ internacional Ricardo Imperatore e convidados promete pôr a plateia a dançar e a celebrar.

Já para o palco Alameda, a organização reservou um evento diferente. ‘Os ritmos tradicionais dos vários continentes que albergam a lusofonia’ farão uma retrospetiva a este estilo musical, desde o funaná ao samba, passando pela marrabenta. Se gosta de dançar, aproveite.

A poesia terá também um lugar reservado em recitais do mundo lusófono. O Auditório do Templo da Poesia receberá espectáculos diários, com lugares limitados, onde contadores de histórias tradicionais terão oportunidade de proporcionar às famílias uma noite relaxada e reconfortante.


Os mais pequenos têm também um lugar reservado neste evento cultural. O Poeirinhas é a área onde as crianças e adolescentes poderão experimentar jogos da actualidade e de outras épocas, assistir e participar em oficinas, fazer um piquenique ou simplesmente relaxar.

A Alameda dos Poetas “transformar-se-á em Alameda das Culturas. De um lado, a oportunidade de conhecer artesanato português contemporâneo. Do lado oposto, produtos gastronómicos tradicionais dos países lusófonos. Oportunidade de ouro para provar os sabores das diferentes culturas. É também por aqui que desfilarão os cortejos de celebração, convidando o público a festejar o fecho do verão”,

 

Sem comentários: