05/09/2016

Vila Fria - Oeiras - Avda 25 de Abril continua sem bandas sonsoras


O post abaixo foi publicado em  28/09/2008

Em 8 anos a Camara Municipal de Oeiras, ainda não colocou uma única banda sonora do tipo daqueles que se encontras nas fotos abaixo.
Numa praça em que a entrada e saídadá para uma rotunda há uma fartura de bandas, onde há passeios largos e se circula sempre em baixa velocidade-

Pergunta-se porquê?  Certamente que não será por falta de verba ou será por má vontade?

28/09/2008


Vila Fria – Avda 25 de Abril

Estes são os bons exemplos



Votada ao abandono da Junta de Freguesia, em especial do seu Presidente.

Ao que se supõe, não terá tempo para pressionar a Camara para resolver meia duzia de situações que nem sequer vão 
custar muito dinheiro.

Interrogado, responde com a lenga lenga habitual de quem muito fala e pouco ou nada faz: Não se interessa e pouco
 ou nada Batalha a favor da "sua tera" – ao que consta nem mora na Freguesia.

Pois é assim mesmo.


Tanto espaço aqui.
Em Vila Fria - não há nada

Já começaram as aulas, acabaram as férias e pela dita Avenida 25 de Abril passa a grande parte do trânsito a caminho d
e Queluz de Baixo, Barcarena, Tercena, Amadora e zona Ocidental de Lisboa ( Benfica, Lumiar, etc).
O problema tem sido posto pelo facto da dita avenida não ter passeios no troço mais estreito e sinuoso, na zona onde
 estacionam mais viaturas, onde passam em velocidade diabólica os próprios transportes público, camiões 
de dimensões e tonelagem improprias para aquele tipo de via, pais de alunos e crianças da escola e do Pungolé, que
 mais parecem que vão levar os filhos de emetrgência a um hospital que à escola ou ao jardim de Infãncia, Bombeiros
 de Barcarena que fazem a recolha e distribuição de doentes, antes e após os terem transportados a consultas externas,
 e, todos aqueles simpáticos automobilistas de boa genese portuguesa que acelerando, na braza, estão-se positivamente 
nas tintas para quem por alí é obrigado o circular a pé.

Claro, que toda esta conversa seria desnecessária, ou algo já teria sido melhorado se fossem feitas algumas obras
 e tomadas algumas decisões em meia duzia de situações.

Por comparação, há imensos locais na freguesia, onde as passadeiras e as bandas sonoras estão a menos de 50 metros
 umas das outras – na Vada 25 de Abril, no troco mais estreito, há 2 pquenas bandas sonoras, uma perto do Pingolé, outra 
proximo do Campo de Futebol do Vila Fria.

No meio, junto das paragens do autocarro, nada.

Por outro lado, em alguns locais da freguesia, em zona de perigosidade muito menor para os peões, foram colocadas 
banda sonoras e até tapetes laranla ou vermelhos.Ainda assim, tambem em muitos locais da freguesia, foi 
interdita a circulação a veículos pesados, dada identica perigosidade para os peões.Por aqui, nada.




Só para exemplo, aqui deixamos umas fotos a comprovaram a razão de que nada tem sido feito, copiado ou inovado, 
neste aspecto.

Conte-se quantas zebras e bandas sonoras existem numa praceta, onde os estacionamentos existem e não há
 qualquer perigosidade para os peões, alí mesmo, entre o antigo Carefor e o Cemitério de Oeiras.

Seria bom que alguem da Junta de Freguesia ou da Camara Municipal, tivesse a paciência de informar porque
 se passam assim, estas situações.
Será que da Camara Municipal de Oeiras, nunca ninguem passou por Vila Fria ? Ao menos alguem com alguma
 responsabilidade no assunto e que tivesse a ideia de colocar a questão para decisão superior ?

Sem comentários: